10/06/2010

Você já esteve em Cartagena? O que achou de lá?

Durante anos, Cartagena das Índias esteve escondida atrás de altas muralhas de pedras. Era a época dos constantes ataques piratas e sobravam motivos para proteger o que fora o porto mais importante de toda as Américas, já que sua posição estratégica guardava o desejado tesouro espanhol.

Atualmente, a invasão é de turistas que chegam de todas as partes do mundo não só para escutar a história que cada uma daquelas paredes tem para contar, mas para ver o mais famoso cartão-postal do destino: o mar do Caribe. Na dúvida, fique com os dois.

O centro de Cartagena, um dos destinos turísticos mais visitados na Colômbia, é considerado Patrimônio Histórico da Humanidade, pela Unesco, e guarda um dos conjuntos arquitetônicos mais preservados do continente. Tão bem cuidado que já foi cenário para que Marlon Brando rodasse ali o filme “Queimada” e, anualmente, é sede do mais antigo festival latino americano dedicado à sétima arte, o Festival Internacional de Cinema de Cartagena, iniciado em 1960.

Parece mesmo coisa de cinema. Cinema épico, diga-se de passagem.

Ruas estreitas de paralelepípedos por onde passam até carruagens puxadas por cavalos, casarões coloniais com sacadas de madeira, becos iluminados por lampiões, e castelos e fortes com canhões apontados para o mar.

Tudo isso protegido pelas muralhas da cidade, um ambicioso projeto arquitetônico que começou a ser erguido ainda no século 16 para afastar aquela colônia espanhola, fundada em 1533, dos olhos cobiçosos dos invasores estrangeiros, como Francis Drake, o mais famoso dos piratas que passaram pela região.

Se o destino já fascina quem está do lado de dentro, o visitante chega a ficar sem palavras quando Cartagena se exibe com a variedade de praias e seus tons impensáveis de mar. Sim, Cartagena está em frente ao mar do Caribe e oferece todos os elementos necessários para reforçar os estereótipos sobre a região.

* As informações são do UOL Viagem

Você já esteve em Cartagena? O que achou de lá? Comente